• QUEM SOMOS

    A Ordem da SantÍssima Trindade e dos Cativos foi fundada por São João de Matha, o qual teve esta inspiração enquanto celebrava a sua primeira missa no ano de 1193. Oitocentos anos depois, esta mesma inspiração e a sua obra continuam a nos interpelar! Os Frades Trinitarios são impelidos por um espírito apostólico que os fazem anunciadores da libertação aos mais pobres, aos abandonados e marginalizados, e sobretudo, àqueles cristãos em perigo de perder a fé, por causa de sua fidelidade ao Evangelho...

  • ESPIRITUALIDADE TRINITARIA

    A vida especialmente consagrada a Santíssima Trindade constitui, desde sua origem, um elemento essencial e característico do patrimônio da Ordem Trinitária. Desta consciência trinitária flui toda sua vida espiritual e litúrgica, religiosa, comunitária e apostólica, e sua permanente renovação...

  • ONDE ESTAMOS

    A Ordem da Santíssima Trindade, dividida em sete províncias religiosas, três vicariatos e duas delegações, está presente hoje na: Itália, Espanha, frança, Alemanha, Áustria, Estados Unidos, Canadá, México, Guatemala, Porto Rico, Colômbia, Brasil, Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Índia, Madagascar, Polônia, Gabão, Congo e Coréia do Sul. A missão dos religiosos trinitários, espalhados pelo mundo, é garantir a assistência a aqueles que mais necessitam: aos pobres, vítimas das diferenças sociais; aos cristãos perseguidos, vítimas de intolerâncias...

SANTA INÊS


(28 de Janeiro)

TRÍDUO A SANTA INÊS, VIRGEM E MÁRTIR
Patrona principal da Nossa Santa Ordem

Sofreu o martírio em Roma na metade do século III ou, mais provavelmente, no início do século IV.  O Papa São Dâmaso adornou o seu sepulcro com versos, e muitos Santos Padres, seguindo Santo Ambrósio, celebraram seus louvores. Neste mesmo dia, 28 de janeiro de 1193, ao celebrar sua primeira missa, o nosso Santo Pai João de Matha foi iluminado por uma visão celeste para que fundasse a Ordem da Santíssima Trindade. Para lembrar tal acontecimento, Santa Inês é venerada como Patrona principal da Ordem.

ORAÇÃO

Ó singular exemplo de virtudes, gloriosa Santa Inês, por aquela viva fé pela qual fostes animada desde a mais tenra idade e que vos tornou de tal modo agradável a Deus que merecestes a coroa do martírio; alcançai-nos a graça de conservar intacta a nossa santa fé no coração e de professar-nos sinceramente cristãos não só com as palavras mas também com as obras, a fim de que testemunhando Jesus diante dos homens, Ele seja para nós uma favorável testemunha diante de seu eterno Pai.

R. Rogai por nós, Santa Inês.
V. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos:
Ó Deus, que hoje nos alegrais com a festa de Santa Inês, virgem e mártir, a quem veneramos como Patrona de nossa família, concedei que, ajudados por seus méritos e iluminados por seus exemplos de castidade e fortaleza possamos seguir a Cristo no caminho de nossa vocação. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

R. Ora pro nobis, sancta Ágnes.
V. Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.

Oremus:
Deus, visibílium ómnium et invisibílium Cónditor, qui hodiérnam díem caeléstibus visiónibus honorábilem nobis fecisti; cleméntiam tuam supplíciter deprecámur: ut ómnes, qui beatae Agnétis, Vírginis et Mártyris tuae, solémnia cólimus, éjus apud te patrocínia sentiámus. Per Chrístum Dóminum nóstrum. Amen.