• QUEM SOMOS

    A Ordem da SantÍssima Trindade e dos Cativos foi fundada por São João de Matha, o qual teve esta inspiração enquanto celebrava a sua primeira missa no ano de 1193. Oitocentos anos depois, esta mesma inspiração e a sua obra continuam a nos interpelar! Os Frades Trinitarios são impelidos por um espírito apostólico que os fazem anunciadores da libertação aos mais pobres, aos abandonados e marginalizados, e sobretudo, àqueles cristãos em perigo de perder a fé, por causa de sua fidelidade ao Evangelho...

  • ESPIRITUALIDADE TRINITARIA

    A vida especialmente consagrada a Santíssima Trindade constitui, desde sua origem, um elemento essencial e característico do patrimônio da Ordem Trinitária. Desta consciência trinitária flui toda sua vida espiritual e litúrgica, religiosa, comunitária e apostólica, e sua permanente renovação...

  • ONDE ESTAMOS

    A Ordem da Santíssima Trindade, dividida em sete províncias religiosas, três vicariatos e duas delegações, está presente hoje na: Itália, Espanha, frança, Alemanha, Áustria, Estados Unidos, Canadá, México, Guatemala, Porto Rico, Colômbia, Brasil, Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Índia, Madagascar, Polônia, Gabão, Congo e Coréia do Sul. A missão dos religiosos trinitários, espalhados pelo mundo, é garantir a assistência a aqueles que mais necessitam: aos pobres, vítimas das diferenças sociais; aos cristãos perseguidos, vítimas de intolerâncias...

A IDENTIDADE TRINITARIA HOJE

A partir da reforma coletiva assumida pela Igreja no Concílio Vaticano II, a Ordem Trinitária iniciou um forte processo de renovação, de busca pela própria identidade, de recuperação do carisma do fundador e de resposta aos signos e aos desafios do séc. XX. As novas Constituições aprovadas pelo Capítulo Geral de 1983, e confirmadas por Roma em 1984, recolhem e traduzem o carisma fundacional plasmado na Regra, a nova situação histórica e seus desafios, definindo os elementos essenciais da identidade trinitária:

■ A unidade originária, carismática, da mística trinitária e serviço de redenção e misericórdia. A Santíssima Trindade como fonte inesgotável de caridade que se traduz no serviço de redenção e misericórdia: “Gloria a Trindade e aos Cativos Liberdade”.

■ A vivencia da Trindade sentindo a vocação trinitária como chamado a ser signo do mistério do Deus cristão dando testemunho pessoal e coletivo de que o Deus de Jesus é amor, liberdade, comunhão, o Deus dos irmãos cativos.

■ O serviço de libertação realizado em formas diversas: escutando as novas formas de escravidão da mesma forma que chegaram ao coração do fundador.

SERVIÇO DE MISERICÓRDIA E REDENÇÃO

A vida especialmente consagrada a Santíssima Trindade constitui, desde sua origem, um elemento essencial e característico do patrimônio da Ordem Trinitária. Desta consciência trinitária flui toda sua vida espiritual e litúrgica, religiosa, comunitária e apostólica, e sua permanente renovação. O espírito da Ordem, seu projeto e modo de vida procedem da raiz da caridade. A Ordem Trinitária, tendo em conta a evolução e o progresso da sociedade, oferece seu serviço de misericórdia e redenção:

■ As pessoas que padecem perseguição por Cristo ou cuja fé cristã esteja em perigo ou está impedida;

■ Aos que estão despojados dos direitos de liberdade e justiça, aos pobres e abandonados, ajudando-os com obras de misericórdia e iniciativas de assistência e promoção;

■ Aos povos que, todavia, não crêem em Cristo, assumindo a tarefa de propagar o Evangelho e de implantar entre eles a Igreja;

■ Aos fiéis, para ajudá-los e fortalecê-los na fé com o serviço ministerial nas diversas tarefas que a Igreja lhe confia (Const. 4-5).