• QUEM SOMOS

    A Ordem da SantÍssima Trindade e dos Cativos foi fundada por São João de Matha, o qual teve esta inspiração enquanto celebrava a sua primeira missa no ano de 1193. Oitocentos anos depois, esta mesma inspiração e a sua obra continuam a nos interpelar! Os Frades Trinitarios são impelidos por um espírito apostólico que os fazem anunciadores da libertação aos mais pobres, aos abandonados e marginalizados, e sobretudo, àqueles cristãos em perigo de perder a fé, por causa de sua fidelidade ao Evangelho...

  • ESPIRITUALIDADE TRINITARIA

    A vida especialmente consagrada a Santíssima Trindade constitui, desde sua origem, um elemento essencial e característico do patrimônio da Ordem Trinitária. Desta consciência trinitária flui toda sua vida espiritual e litúrgica, religiosa, comunitária e apostólica, e sua permanente renovação...

  • ONDE ESTAMOS

    A Ordem da Santíssima Trindade, dividida em sete províncias religiosas, três vicariatos e duas delegações, está presente hoje na: Itália, Espanha, frança, Alemanha, Áustria, Estados Unidos, Canadá, México, Guatemala, Porto Rico, Colômbia, Brasil, Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Índia, Madagascar, Polônia, Gabão, Congo e Coréia do Sul. A missão dos religiosos trinitários, espalhados pelo mundo, é garantir a assistência a aqueles que mais necessitam: aos pobres, vítimas das diferenças sociais; aos cristãos perseguidos, vítimas de intolerâncias...

SERVO DE DEUS DOM FREI JOSÉ DI DONNA, OSST


SERVO DE DEUS DOM FREI JOSÉ DI DONNA, OSST


Nasceu em Rutigliano, diocese de Conversano (Apúlia, Itália), em 1901. Ingressado adolescente na Ordem Trinitária atendeu animadamente à própria santificação. Missionário em Madagascar e depois bispo de Andria, perto de Bari, na Itália, soube admiravelmente conjugar seus deveres com a prática das virtudes religiosas, a caridade para com os pobres e a austeridade da Regra. Morreu em Andria no dia 02 de janeiro de 1952, consumido por uma dolorosa enfermidade que suportou com heróica resignação. Está em ato o processo pela sua beatificação.

Oração:

Ó Deus de Amor, Trindade Santa, Pai, Filho e Espírito Santo, origem primeira de todas as coisas e fonte suprema de vida sobrenatural e de santidade, eu Vos adoro e Vos agradeço de todo o coração pelos inúmeros dons concedidos ao vosso servo bom e fiel, irmão e bispo trinitário, José Di Donna.

Ensinai-me, com o seu exemplo e por sua intercessão,a viver generosamente a minha vocação cristã com a simplicidade e a confiança de filho e um ardente amor para convosco, Sumo Bem, e para com o próximo, criado à vossa imagem e semelhança.

E agora eu Vos suplico:pela intercessão deste Vosso servo, que foi zeloso Pastor da Igreja, fazendo-se tudo para todos, concedei-me, se esta for a Vossa vontade,a graça que, cheio de confiança, Vos peço (.....).

Dignai-Vos igualmente incluí-lo no número e na coroa dos Beatos reconhecidos pela Igreja, que eternamente cantam a Vossa glória. Amém. 

Pai nosso...  Ave Maria...  Glória ao Pai...