• QUEM SOMOS

    A Ordem da SantÍssima Trindade e dos Cativos foi fundada por São João de Matha, o qual teve esta inspiração enquanto celebrava a sua primeira missa no ano de 1193. Oitocentos anos depois, esta mesma inspiração e a sua obra continuam a nos interpelar! Os Frades Trinitarios são impelidos por um espírito apostólico que os fazem anunciadores da libertação aos mais pobres, aos abandonados e marginalizados, e sobretudo, àqueles cristãos em perigo de perder a fé, por causa de sua fidelidade ao Evangelho...

  • ESPIRITUALIDADE TRINITARIA

    A vida especialmente consagrada a Santíssima Trindade constitui, desde sua origem, um elemento essencial e característico do patrimônio da Ordem Trinitária. Desta consciência trinitária flui toda sua vida espiritual e litúrgica, religiosa, comunitária e apostólica, e sua permanente renovação...

  • ONDE ESTAMOS

    A Ordem da Santíssima Trindade, dividida em sete províncias religiosas, três vicariatos e duas delegações, está presente hoje na: Itália, Espanha, frança, Alemanha, Áustria, Estados Unidos, Canadá, México, Guatemala, Porto Rico, Colômbia, Brasil, Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Índia, Madagascar, Polônia, Gabão, Congo e Coréia do Sul. A missão dos religiosos trinitários, espalhados pelo mundo, é garantir a assistência a aqueles que mais necessitam: aos pobres, vítimas das diferenças sociais; aos cristãos perseguidos, vítimas de intolerâncias...

TRANSLADO DAS RELÍQUIAS DE NOSSO FUNDADOR SÃO JOÃO DE MATHA

7 de maio
Nosso Santo Pai Fundador tinha mais de sessenta anos quando o Senhor o chamou ao céu no dia 17 de dezembro de 1213. Justamente no dia 17 de dezembro de 1198 havia sido aprovada definitivamente sua Ordem.

Seus filhos quiseram oferecer ao seu Pai uma digna morada para seus restos mortais. As veneráveis relíquias foram colocadas num sarcófago de mármore, na igreja de São Tomé in Formis, Roma. Contrataram o mesmo artista que havia feito o mosaico requerido pelo nosso Santo Pai João de Matha para ser colocado na fachada do hospital. Trata-se de um sarcófago de mármore branco com 1,97m de comprimento; 0,51cm de altura e 0,63cm de largura, com uma tampa ou cobertura do mesmo material.

Foi colocado em um lugar destacado da igreja. Era permitida esta honra quando se tratava dos fundadores ou de pessoas que se haviam destacado pela santidade de suas vidas.

No sarcófago gravaram esta importante inscrição: No ano da encarnação do Senhor, 1197, primeiro do pontificado do papa Inocêncio III, no dia 17 de dezembro, por sinal de Deus, foi instituída a Ordem da Santíssima Trindade e dos cativos pelo frade João com Regra própria concedida a ele pela Sé Apostólica. O mesmo frade João foi sepultado neste lugar no ano do Senhor, 1213, no dia 21 de dezembro.

Como se pode observar, há um erro no ano de aprovação da Ordem. Sabe-se com certeza que o papa Inocêncio III foi eleito papa no dia oito de janeiro de 1198 e que a bula de aprovação da Ordem, Operante divinae dispositionis, está datada a 17 de dezembro de 1198.  

Em 1655, o corpo de nosso Santo Fundador foi trasladado privadamente a Madri, e apresentado ao Núncio Apostólico da Espanha. A Sagrada Congregação dos Ritos, tendo feito um novo reconhecimento, decretou, com a aprovação de Inocêncio XIII, a constatação da identidade. A maior parte das relíquias do santo Fundador foi trasladada a Salamanca, no Colégio da Ordem da Santíssima Trindade, em 9 de outubro de 1966, outra parte das mesmas ficou em Madri, no Mosteiro das Monjas Trinitárias.

ORAÇÃO

Deus eterno e todo-poderoso, que para promover a glória da Trindade e socorrer as necessidades do próximo inflamastes de amor divino o nosso Santo Pai João de Matha, concedei-nos, por sua intercessão, imitar seu espírito e ser testemunhas da Redenção no mundo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amem.
   Pai nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...